Ouvidoria

5 receitas de lanches rápidos e fáceis para... Alimentação Saudável, Coronavírus, Filhos e Gestação, Saúde do Homem e da Mulher

Preparamos dicas de séries, músicas e podcast Coronavírus, Saúde Emocional

Cuidados com a pele das crianças no sol e no... Atividade Física, Filhos e Gestação

Segunda dose da vacina Covid-19 deve ser tomada mesmo fora do prazo!

Ministério da Saúde reforça a importância de se completar o esquema vacinal para assegurar a proteção contra a doença

14 de maio de 2021

A população deve tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado pelo laboratório. Essa é a orientação do Ministério da Saúde para todos os brasileiros que já estão aptos para completar a imunização. Apenas ao completar o esquema vacinal é que se assegura a proteção adequada contra a doença.

Essa orientação vale para quem já teve Covid ou quem ainda não teve a doença.

Atualmente, o Brasil conta com duas vacinas disponíveis, ambas com a necessidade de duas doses para garantir a imunização completa:

  • A Sinovac/Butantan deve ter a aplicação da dose 2 no intervalo de quatro semanas
  • A AstraZeneca/Fiocruz no intervalo de 12 semanas.

Com o aumento no número de casos de coronavírus e a necessidade da aceleração da vacinação, o Ministério da Saúde mudou a estratégia no início de março, com o envio de doses da vacina Sinovac/Butantan começando a ocorrer em duas etapas: primeiro com a entrega da dose 1 e, quatro semanas depois, da dose 2 – o que já estava ocorrendo com o imunizante da AstraZeneca desde o início da campanha.

Então, o recado é: se você pode, e se o seu município dispõe, busque a segunda dose. A ausência dela pode provocar, inclusive, o surgimento de variantes mais resistentes às vacinas que existem hoje.

Isso acontece porque quem toma só uma dose pode desenvolver imunidade parcial. O que não é suficiente para proteger a pessoa do vírus. Mas pode ser suficiente para selecionar linhagens virais que escapam dessa imunidade.

Como saber se posso tomar a vacina contra a Covid-19?

Fique sempre atento às informações da sua cidade. E quando chegar a sua vez, vacine-se. A imunização é a única maneira que realmente nos protege da doença. Se tiver alguma dúvida, como por exemplo quanto tempo depois de ter a doença você pode se vacinar, veja nosso especial sobre o tema em www.unimedvtrp.com.br/vacinascovid ou procure o seu médico de confiança. Só não pode deixar de se vacinar, combinado?

E quais cuidados quem já teve Covid-19 deve manter?

As medidas básicas de proteção devem ser seguidas por todos, inclusive para quem já passou pela doença. O ideal é seguir as 8 regras de ouro da prevenção pois elas diminuem MUITO o risco de alguém ser infectado. São elas:

  1. Usar sempre máscara quando estiver fora de casa.
  2. Respeitar o distanciamento físico mínimo de 1,5m das outras pessoas.
  3. Lavar as mãos frequente, e se isso não for possível, usar ácool em gel.
  4. Não participar de aglomerações.
  5. Manter ambientes bem ventilados e arejados.
  6. Isolar-se imediatamente e procurar orientação médica por telemedicina caso apresente sintomas de resfriado ou gripe, como febre e tosse seca.
  7. Vacinar-se quando chegar a sua vez.
  8. Não passar adiante notícias falsas, as fake news, para nenhuma pessoa.

No caso dos clientes Unimed VTRP, a consulta à distância deve ser feita no PA Virtual, por vídeo ou telefone.

Lembre-se sempre: o risco de infecção já ocorre na fase pré-sintomática (nos dois dias antes de apresentar sintomas), e se acentua nos primeiros sete dias de sintomas. Por isso, isolamente voluntário e orientação médica são fundamentais para evitar a propagação da doença.

Este conteúdo faz parte da série “Passei pelo Covid, e agora?”. Para conferir todos os vídeos, cartilhas e posts, visite a página especial da série ou siga a Unimed VTRP nas redes sociais, no InstagramFacebookYoutube e LinkedIn.