Ouvidoria

Unimed VTRP conquista nota máxima no IDSS pelo...

Quero Consulta Unimed: Aplicativo facilita...

Campanha Atitude na Veia aumenta em 23% doações...

Unimed VTRP divulga primeira edição do Relatório de Sustentabilidade

Documento segue padrões internacionais e preza pela transparência e diálogo com as partes interessadas

23 de agosto de 2013

Relatório pode ser acessado no blog da Cooperativa Médica (www.blogunimed.com.br).

A primeira edição do Relatório de Sustentabilidade da Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (Unimed VTRP) já está disponível no blog da Cooperativa Médica (www.blogunimed.com.br). O documento expõe informações do negócio, discorrendo sobre o desempenho e impacto econômicos, ambientais e sociais referentes ao ano de 2012. Foi elaborado a partir de padrões internacionais estabelecidos pela Global Reporting Initiative (GRI), uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que – por visar uma economia global sustentável – é considerada referência na produção de relatórios.

Segundo a coordenadora da área de Gestão de Responsabilidade Socioambiental da Unimed VTRP, Jelcí Danieli Southier, trata-se de uma evolução da maneira como a Cooperativa presta contas aos seus públicos de relacionamento – médicos cooperados, colaboradores, clientes, fornecedores, prestadores de serviço e comunidade. “Depois de 11 anos publicando o Relatório de Responsabilidade Socioambiental, e analisando as diretrizes globais de sustentabilidade, aderimos a este novo modelo de relatório, pois ele envolve um maior engajamento dos públicos, que participam da definição de temas prioritários a serem abordados”, explica Jelcí.

O Relatório de Sustentabilidade, por seguir indicadores internacionais, também se caracteriza como uma ferramenta de gestão, auxiliando na tomada de decisões e busca por resultados. “Serve de orientação para aquilo que realmente importa em uma gestão eficiente e sustentável. E no momento que outras empresas também passam a seguir os mesmos parâmetros da GRI – na divulgação de seus desempenhos e impactos – temos um comparativo de mercado”, detalha a coordenadora.

Pelo relatório, as partes interessadas têm a oportunidade de conhecer de forma mais detalhada a Cooperativa, tanto seus pontos fortes quanto os gargalos do negócio, além dos programas e ações voltados aos seus diferentes públicos. Também poderão acompanhar as metas estabelecidas para cada ano e avaliar se foram alcançadas. Caso não sejam cumpridas, a Cooperativa tem o compromisso de divulgar uma justificativa no relatório do ano seguinte.

Conforme levantamento da Unimed VTRP este é o primeiro relatório do gênero publicado por uma empresa com sede no Vale do Taquari. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail responsabilidadesocial@unimedvtrp.com.br.

Entendendo o documento

O relatório possui, nas últimas páginas, o chamado “Índice Remissivo”. Lá, o interessado poderá consultar a lista de indicadores contemplados no documento e localizar a página na qual o assunto foi tratado. São exemplos de indicadores: consumo de energia indireta discriminado por fonte primária; iniciativas para mitigar os impactos ambientais de produtos e serviços e a extensão da redução desses impactos; práticas relacionadas à satisfação do cliente, incluindo resultados de pesquisas que medem essa satisfação.

O relatório tem os níveis A, B, C e A+, B+ e C+. O “+” significa que ele foi submetido a uma avaliação externa. A classificação vai depender do número de indicadores que organização optou por responder: A (79 indicadores), B (20 indicadores) e C (10 indicadores). Nesta primeira edição do Relatório de Sustentabilidade a Unimed VTRP publicou o nível C.

Categoria: Unimed VTRP