Ouvidoria

Quero Consulta Unimed: Aplicativo facilita...

Campanha Atitude na Veia aumenta em 23% doações...

Lives: entretenimento e qualidade de vida para a...

Cuidado com o golpe do falso boleto por e-mail

Não abra nem clique nos anexos destas mensagens! Elas carregam vírus e outros componentes que podem causar danos ao seu computador

03 de dezembro de 2019

Com a proximidade do fim do ano, aumenta o número de golpes aplicados pela internet, e devemos redobrar a atenção com os golpes virtuais. Nesta semana, criminosos estão enviando, por e-mail, mensagens falsas de cobrança para clientes de planos de saúde da Unimed. Não abra nem clique nos anexos destas mensagens. Elas carregam vírus e outros componentes que podem causar danos ao seu computador.

Em caso de dúvida sobre alguma cobrança, entre em contato conosco.

Se você for cliente de planos familiares, entre em contato pelo e-mail sac@unimedvtrp.com.br. Caso tenha plano empresarial, fale com a gente pelo relacoesempresariais@unimedvtrp.com.br.

Se você recebeu algumas destas mensagens suspeitas, informe para a Unimed VTRP, e exclua de sua caixa de e-mail. Os golpistas estão cada vez mais audaciosos em seus crimes.

5 dicas para saber se um e-mail falso ou malicioso

O Site Serasa Consumidor fez uma lista com cinco dicas valiosas para perceber que uma mensagem é falsa:

1) O remetente do e-mail é desconhecido ou estranho

Mesmo que o assunto pareça importante, antes de abrir, pare e leia o endereço de e-mail do remetente. Se for desconhecido ou o nome parecer estranho, com letras e números misturados, não caia na tentação de abrir. Além de golpe, pode ser também uma forma de infectar seu computador ou celular com vírus.

2) O e-mail promete ganhos fáceis e rápidos, sem esforço

Um dito popular ensina: “quando a esmola é grande, o santo desconfia”. Fique de olhos bem abertos com promessas de ganhos milagrosos, brindes, ofertas imperdíveis e oportunidades únicas. Desconfie, principalmente, se o endereço do remetente não tiver o nome da empresa (por exemplo: www.serasaconsumidor.com.br) e quando tiver o nome da empresa tome cuidado com grafias muito parecidas, mas não oficiais. As promoções e ofertas idôneas geralmente vêm identificadas. Se não for o caso, há grandes chances de ser uma fraude ou golpe.

3) O e-mail pede seus dados bancários ou cadastrais

O remetente é seu conhecido e o assunto diz: “Estou tentando depositar dinheiro na sua conta, mas não consigo”. Confiando que se trata de seu amigo ou parente, você abre a mensagem e informa seus dados bancários, nome completo e CPF. Acredite: se você não está esperando receber dinheiro dessa pessoa, o e-mail é falso. Jamais passe qualquer informação sem confirmar, por telefone, com o remetente. Se alguém quiser realmente entrar em contato com você, irá procurá-lo por outros canais ou pessoalmente.

4) O e-mail tem um boleto estranho, fatura ou nota fiscal anexa

Se você fizer uma compra pela internet, provavelmente irá imprimir o boleto diretamente do site. No caso de contas como água, energia elétrica e plano de saúde, por exemplo, você recebe o boleto sempre de um mesmo endereço, e sempre com uma mensagem padrão. Se você receber um e-mail com algum boleto ou nota estranha, desconfie! Não é tão difícil para fraudadores criar boletos falsos e disparar na internet, fazendo-se passar por bancos, empresas de varejo e outras instituições, como a Unimed VTRP. Todo cuidado é pouco! Em caso de dúvidas, entre em contato com a empresa antes de efetuar qualquer pagamento!

5) As informações do e-mail são desencontradas ou têm erros de português

Cada vez mais os fraudadores estão se especializando, mas há situações em que os erros são tão grosseiros que basta uma lida com um pouco mais de atenção para perceber que se trata de um e-mail falso. Observe se a mensagem contém palavras escritas incorretamente e dados conflitantes de mais de uma instituição no mesmo e-mail. Exemplo: o remetente é de um banco, mas o boleto é de outro.

Na dúvida, não abra, não aceite anexos ou acesse links se perceber irregularidades!

Cuidado com o pishing!

O golpe do falso boleto por e-mail pode ser considerado também pishing. É um crime sofisticado, que tenta enganá-lo para que você revele números de cartões, CPF, RG, senhas de contas bancárias, pague boletos ou compartilhe outras informações pessoais.

A maioria dos golpes por phishing começa com um e-mail vinculado a um site falso da internet parecido com o verdadeiro – com logotipos e layout gráfico conhecidos – mas falso. Os dados pessoais digitados nesses sites são encaminhados aos fraudadores.

Por isso, não abra estes e-mails estranhos, nem clique em anexos que parecem suspeitos. Fique atento!

Categoria: Unimed VTRP