Ouvidoria

Quero Consulta Unimed: Aplicativo facilita...

Campanha Atitude na Veia aumenta em 23% doações...

Lives: entretenimento e qualidade de vida para a...

Conheça os resultados do Batch #1 do Vibee, o hub de inovação da Unimed VTRP

Foram 123 startups inscritas, 25 selecionadas para o pitch e 12 escolhidas para o primeiro processo de aceleração

12 de março de 2021

Há cerca de sete meses, um time composto por gestores de saúde e especialistas em inovação avaliavam as 123 startups inscritas no primeiro batch do Vibee – o recém fundado hub de inovação criado pela Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (VTRP).

Era a realização de um projeto que vinha sendo incubado há anos, desde que se começaram os primeiros processos de inovação na cooperativa, uma das mais respeitadas dentro do sistema Unimed.

Depois de uma visita ao Vale do Silício, e já com a experiência do InnovatiOn, um programa de conexão com startups criado em 2019 para buscar soluções específicas para a cooperativa, a equipe da Unimed VTRP voltou decidida a dar um passo adiante e mergulhar no processo da inovação.

“Ficamos impressionados: no Vale do Silício havia mais de 3 mil startups desenvolvendo soluções em saúde. A gente se deu conta de que não queria ser o taxista a ser surpreendido pelo Uber. Queríamos estar no centro e promover a mudança”, explica Rosilene Knebel, Superintendente Executiva da Unimed VTRP.

A ideia foi rapidamente abraçada pelo médico Aldo Pricladnitzki, presidente da Unimed VTRP (foto) com sede em Lajeado, e entusiasta da tecnologia. “Se pensamos sempre do mesmo jeito, teremos sempre o mesmo resultado. É preciso pensar de forma diferente. Quando nos envolvemos na inovação, conseguimos pensar fora da caixa, e isso faz toda a diferença”, diz.

Assim foi criado o Vibee, que nasceu com a missão de descobrir e acelerar startups com grande capacidade de transformar ideias em empresas vencedoras.

AS ELEITAS

Apesar da maioria das startups vir dos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais, as cinco regiões do Brasil foram representadas na seleção. “Mesmo estando no interior do Rio Grande do Sul, conseguimos atrair startups de todo o Brasil. Algumas já haviam, inclusive, passado por hubs muito conhecidos, o que nos mostrou que o Vibee tinha ganhado uma grande projeção”, diz Rafael Zanatta, head do hub.

Das empresas inscritas, 25 foram selecionadas para participar do pitch, em que apresentaram seu produto ou solução para o comitê técnico. A ideia inicial era escolher até 10 startups, mas a qualidade das startups fez com que o comitê escolhesse 12 para iniciarem os trabalhos.

Todas as startups selecionadas pelo Vibee são healthtechs. Mas para se inscreverem no programa elas não precisavam ter nenhuma relação com plano de saúde, área de gestão ou preencher nenhuma necessidade específica da Unimed VTRP. Buscava-se apenas soluções disruptivas, com times bem estruturados que mostrassem ter as características necessárias para desenvolver a ideia.

As empresas foram divididas em dois programas de aceleração: o Vibee Start, para startups em estágio inicial, e o Vibee Go, para as que já possuíam um MVP e buscavam crescer rapidamente no mercado da saúde.

Conheça as startups aceleradas:

VIBEE START

Lica Health
Sistema para busca/agendamento de consultas e gestão das informações do paciente com armazenamento dos exames em nuvem

Biotimize
Produção de insumos biotecnológicos para kits de diagnóstico

DL4Med Inteligência Artificial
Tecnologia para verificar se a mama está corretamente posicionada no momento da mamografia

Meu Cuidador
Marketplace de cuidadores profissionais

Magic Care
Sistema focado em clínicas médicas e geriátricas para que todas as informações do paciente estejam digitalizadas e acessíveis por tablets

Vanellus Rad
Dosímetro de radiação em tempo real que informa a dose de radiação absorvida pelo profissional

dod – Inteligência Artificial
Utilização de câmeras e sensores térmicos para monitoramento a partir de inteligência artificial

VIBEE GO

SimpleID
Soluções para identificação biométrica (facial e impressão digital)

Cori
Plataforma para monitoramento constante de pacientes fragilizados

3fy
Plataforma online para gestão do plano de saúde

Cor.Sync
Solução para o diagnóstico do infarto no atendimento de emergência hospitalar

Fix it
Soluções inovadoras e personalizadas em imobilização articular utilizando impressão 3D

O kickoff foi dado no dia 25 de setembro, inaugurando um ciclo de seis meses de um programa pensado em três frentes: inspiração, capacitação e mentoria. As atividades foram realizadas por profissionais internos e externos, escolhidos a dedo no mercado.

O cronograma de mentorias semanais foi desenhado de acordo com a necessidade de cada startup. “A capacidade de entender a dor de cada uma e tratá-la de perto é um dos nossos grandes diferenciais”, diz Rafael. Durante as mentorias, as empresas aceleradas entraram em contato com o time da Unimed, inclusive com a alta gerência — esse é outro diferencial e um grande atrativo do programa. “No Vibee, os participantes têm a oportunidade de conversar com quem decide”, diz Rafael Zanatta, Head do Vibee Unimed (foto).

FIM DE UM CICLO…

No dia 7 de abril ocorre a graduação da primeira turma do Vibee, que acontecerá de forma virtual por conta do cenário da Covid19. Foi um processo muito rico para as startups participantes. “Todas aproveitaram o programa de aceleração para se desenvolverem. Todas continuaram até o fim, participando das formações. As que se dedicaram ao programa evoluíram muito nesses 6 meses. Claramente serão vencedoras, porque estão conseguindo crescer exponencialmente em relevância”, diz Rosilene Knebel.

Foi valioso também para o Vibee. “A Unimed toda se envolveu com esse ecossistema empreendedor e isso é importantíssimo para a construção da nossa cultura de inovação”, diz Rosilene.

O processo fortaleceu a imagem da Unimed VTRP como uma empresa moderna, de perfil inovador, e ainda colocou a cooperativa à frente das oportunidades de soluções e também de novos negócios. “As startups que passaram por esse primeiro batch fizeram diferença na nossa vida e nós fizemos diferença na vida delas. Isso nos anima muito.”

…INÍCIO DE OUTRO

A Unimed VTRP já se prepara para o segundo batch do Vibee. “Vimos que estamos no caminho certo ao encarar a inovação como parte fundamental da nossa estratégia. Esse tipo de iniciativa nos coloca frente a frente com as novas tecnologias que estão surgindo e nos desafia a melhorar todos os dias”, diz Rafael Zanatta.

As inscrições para o próximo ciclo terão início no dia 17 de março e vão até o dia 25 de abril. O formato se mantém: poderão se inscrever healthtechs de todo o Brasil, em estágio de ideação, validação e operação.

“O Vibee vai ser muito mais do que foi até aqui. Vai nos mostrar novos jeitos de se trabalhar e abrir muitas possibilidades. Está no nosso DNA evoluir: somos eternos aprendizes”, finaliza Pricladnitzki .

Rosilene Knebel, Superintendente Executiva da Unimed VTRP

* Conteúdo produzido pelo Projeto Draft.