Câncer de mama: como me prevenir? Saúde do Homem e da Mulher

Diabetes gestacional: como evitar? Filhos e Gestação, Saúde do Homem e da Mulher

Outubro Rosa: foco na saúde da mulher como um... Saúde do Homem e da Mulher

Descubra mais sobre o sono do seu bebê

04 de maio de 2015

Todas as mamães, sejam elas de primeira viagem ou não, sabem que os bebês pequenos não têm um sono contínuo. Para muitas, as noites são sinônimo de madrugadas em claro e o sono tranquilo parece algo inatingível. Se você também pensa assim, saiba que é possível mudar essa realidade. Para chegar lá, é preciso estabelecer uma rotina e esperar pela adaptação. Mas cuidado! A “noite inteira” para os bebês significa, no máximo, seis horas de sono, e isso só vai acontecer quando eles já tiverem alguns meses de vida. Os recém-nascidos não têm um sono contínuo pois precisam se alimentar, em média, a cada três horas. A boa notícia é que essa fase passa. Por isso, especialistas indicam que manter uma rotina é essencial. A partir dos três meses de idade é possível que o seu bebê esteja dormindo como um anjinho.   Blog Unimed VTRP - Sono Bebe   Confira algumas dicas que podem ajudar no sono do seu bebê: Cuidado com o colo Coloque seu pequeno para dormir ainda acordado. Não fique com ele no colo até que caia no sono. Segundo especialistas, é importante colocar a criança para dormir ainda acordada para que ela consiga voltar a dormir sozinha durante a noite. Atenção para as cólicas Nos três primeiros meses, muitos bebês têm cólicas, acompanhadas de uma crise de choro que parece não ter fim. Mas final, como saber se é cólica? Ouça o choro, ele costuma ser mais alto e estridente do que o normal. Além disso, perceba os sinais de dores físicas, como flexionar as pernas e contrair o abdômen. O choro ainda pode seguir a Regra dos Três: dura três horas por dia, três dias por semana, por três semanas. Saiba diferenciar a manha da fome Se o bebê mamou e não se passaram duas horas, é provável que ele não esteja com fome. O choro de fome costuma ser contínuo e ritmado. Esse choro costuma ser diferente do de manha, que tem gritos e picos. Ao notar que o seu filho está apenas fazendo manha, não corra para mimá-lo. Nos primeiros dias, apareça depois de alguns minutos, mas não o tire do berço. Fique ao seu lado, converse com ele e saia do quarto. Aumente, aos poucos, o tempo que você demora para aparecer. Nestes casos, o bebê quer apenas atenção. Respeite os horários Um bebê é diferente do outro. Por isso, é importante conhecer bem o seu filho e tentar conciliar seus horários. Se ele gosta de acordar cedo, por exemplo, não fique acordada até mais tarde, aproveite para dormir.   Blog Unimed VTRP - Bebe dormindo   Tecnologia: aplicativo monitora o sono dos bebês Já pensou poder contar com uma facilidade tecnológica capaz de avisar aos pais, por meio do celular, quando o filho está chorando ou dormindo? Saiba que hoje isso já é possível. É a Sproutling, uma tornozeleira que acompanha os movimentos e outros sinais da criança e avisa os pais através de um aplicativo de celular, caso seja necessária uma atenção extra, no caso, por exemplo, de uma alteração nos batimentos cardíacos. O equipamento analisa diversos dados como temperatura e posição no berço (para evitar que a criança durma de bruços, por exemplo), e consegue dar uma ideia de quando o bebê vai acordar e em qual estado de humor. O gadget é indicado para crianças até os dois anos, é hipoalergênico, tem uma bateria que dura três dias e acompanha carregador. Nos Estados Unidos os consumidores já podem fazer um pré-pedido pela internet.   Blog Unimed VTRP - Criança dormindo  

Categoria: #CuidarDeVocê