imgTopo Contato separador btnPesquisa
Cuidar

Histórias de quem foi em busca do seus sonhos

O que é mais importante: manter um trabalho seguro ou arriscar viver na incerteza e tentar fazer o que realmente se gosta? A pergunta anda na cabeça de muita gente e foi o ponto de partida para o Continue Curioso, um projeto das jovens brasileiras Juliana Mendonça e Cristiane Schmidt.

A web série documental, que lançou o primeiro episódio em Janeiro deste ano, procura “pessoas que se desprenderam de um jeito convencional de levar a vida para caminhar em direção ao desconhecido” e pretende, a cada história, abordar novos assuntos e levantar novas discussões.

Seguir o sonho foi o que fez Marilia Pedroso, que largou o trabalho das 9 às 18 horas num escritório para se dedicar à fotografia e trabalhar por conta própria. “Não via como estava o dia lá fora, não tinha tempo para nada. Saía de casa às 7 horas, chegava às 9 da noite, era tempo de comer alguma coisa e dormir”, explica no vídeo, para justificar a sua opção.

still_marilha3a_900

Juliana Mendonça e Cristiane Schmidt, graduadas em Publicidade e Propaganda e em Artes Visuais, respectivamente, acreditam que existem ainda muitas empresas pouco preparadas para esta “mudança óbvia” do mercado de trabalho. É aí que se encontra “o conflito”: “Não temos certeza se há cada vez mais pessoas correndo atrás do sonho ou fugindo da confusão do mercado de trabalho convencional. Talvez um pouco dos dois.”

Para já, o objetivo das jovens brasileiras – que são responsáveis por todo o processo: produção, edição e divulgação – é publicar um episódio por mês. Mais tarde gostavam de aumentar a equipa, conseguir algumas parcerias e, “sem dúvida”, filmar em outros países.

Quem tiver mudado de vida para se dedicar ao que realmente gosta ou quem conhecer alguém que o tenha feito pode também propor a história e habilitar-se a fazer parte deste projeto. A adesão, quer através do site quer através do Facebook, tem sido enorme (“Ainda estamos lendo todas com calma”). Algumas dessas histórias serão contadas no próprio Facebook do projeto num formato que está ainda a ser estudado, outras podem vir a ser um episódio da web série.

 

Envie o seu comentário para a Unimed VTRP




siteOficial ans
Todos os direitos reservados Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo 2018.
barraRodapeLink
Nossos Favoritos
Sobre a Unimed VTRP
Política de Comentários
Relatório de Sustentabilidade
Revista Unimed
;