Ouvidoria

Sou um desastre na cozinha… Por onde eu... Alimentação Saudável, Coronavírus

Alimentos que fortalecem a imunidade: você vai... Alimentação Saudável, Coronavírus, Outubro Rosa

Seu filho não quer comer? Como lidar? Alimentação Saudável, Coronavírus, Filhos e Gestação

4 dicas para lidar com o emocional dos filhos em tempos de Covid-19

Psicólogo aborda formas de encarar as mudanças de rotina

09 de abril de 2020

Não dormir no horário indicado, evitar sair de casa, mudança da rotina escolar, disputa de atenção em meio ao home office dos pais… Muitas foram as mudanças ocorridas durante a quarentena, inclusive para as crianças. Isto faz com que suas atitudes e emoções nem sempre sejam fáceis de lidar. O Psicólogo da Unimed VTRP José Ezequiel Calegari da Rosa trouxe dicas de como abordar o coronavírus com os filhos e de como reagir meio à tanta informação e ansiedade:

1. Proporcione segurança
Proporcionar um ambiente tranquilo é essencial para o bem-estar da criança, tendo em vista que os pais são modelos e, a forma como reagem ao ambiente, é sentido e modelado pela criança. Desta forma, os pais necessitam estar alinhados e tranquilos para ter um melhor manejo com os filhos, evitando cobrar a tranquilidade que não conseguem oferecer.

2. Converse sobre as percepções da doença
Converse com seu filho, explique a ele o que está acontecendo. Para realizar essa tarefa, inicie questionando a criança o que ela entende sobre esse momento e, a partir daí, explique o que está acontecendo por meio de uma linguagem simples e de acordo com a faixa etária dela. Com isso, possíveis fantasias, medos e angústias serão minimizados. Permita que a criança expresse seus sentimentos e coloque-se à disposição para ajudar a lidar com eles.

3. Crie uma rotina de atividades
Estabeleça ao seu filho uma rotina diária. É importante que mesmo no período de quarentena ele possua horários bem delineados para dormir e acordar, realizar as refeições, bem como as atividades pedagógicas e de lazer. Contudo é importante diferenciarmos os dias da semana dos finais de semana, principalmente se isso já é uma prática na família. Realizando isso, conseguirá minimizar a agitação das crianças e facilitará o retorno à escola.

4. Brinque junto
Brinque com os filhos, crie jogos, faça atividades lúdicas… Isso é muito importante! Através do “faz de conta” a criança expressa seus sentimentos e elabora os fatos. Dessa forma fará com que um período tenso ao qual estamos vivendo vire boas lembranças de infância. Se você estiver sem ideias, separamos 10 brincadeiras diferentes [clique aqui] para inspirar. 😉