Câncer de mama: como me prevenir? Saúde do Homem e da Mulher

Diabetes gestacional: como evitar? Filhos e Gestação, Saúde do Homem e da Mulher

Outubro Rosa: foco na saúde da mulher como um... Saúde do Homem e da Mulher

Uma vida doce com menos açúcar

17 de junho de 2015

Se você pensa que o açúcar está apenas em doces, refrigerantes e frutas, está completamente enganado. Por mais estranho que possa parecer, é possível encontrá-lo em alimentos salgados como pães e massas, que se transformam em glicose quando chegam ao organismo. Você já parou para pensar na quantidade de açúcar que está ingerindo? De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) é saudável consumir até 50 gramas do produto por dia. A quantidade indicada pela OMS corresponde a uma média de 12 colheres de chá, mas nem sempre é fácil medir o quanto ingerimos. O açúcar está presente em muitos alimentos, grande parte das vezes em alta concentração, o que torna o controle mais difícil. Uma única lata de refrigerante, por exemplo, pode trazer 33 gramas, mais da metade do indicado, explicam os especialistas. O consumo em excesso vai além de problemas com o peso e obesidade, podendo chegar à diabetes. Confira no vídeo os sintomas e as dicas para controlar a diabetes: Sabendo que o açúcar pode ser um vilão e pensando na sua saúde, separamos algumas dicas para substituir este ingrediente na alimentação diária. Elas valem tanto para quem já possui a diabetes quanto para quem deseja mudar seus hábitos e manter uma vida mais saudável. A primeira delas é optar pela ingestão de alimentos naturais como as frutas. Apesar delas conterem açúcar, possuem outros nutrientes importantes para nosso organismo. Opte por elas como sobremesa durante a semana. Escolha as que mais gosta e, é claro, não adicione açúcar. Além disso, inclua algumas frutas nos lanches da manhã e da tarde. Preste atenção no rótulo dos produtos. Os componentes aparecem na ordem em que são mais utilizados. Atenção: o açúcar pode aparecer como glicose, frutose, sacarose e melaço. Da mesma forma, evite alimentos processados, como a salsicha, que esconde uma quantidade exorbitante de açúcar, pois é usado como conservante de alimentos. Blog Unimed_açucares Prefira carboidratos integrais aos refinados. Embora possuam as mesmas calorias, a maior diferença entre eles está relacionada à quantidade de nutrientes e fibras que cada um apresenta, sendo que o integral é o que fornece maior quantidade de ambos. Não se esqueça de utilizar temperos naturais. Use adoçante sempre que possível. Dê preferência para a stévia e a sucralose. Se você não abre mão de um bom cafezinho, mas não se acostuma com o sabor original da bebida ou mesmo com adoçante, procure reduzir a quantidade de açúcar aos poucos, para acostumar o paladar. Se usa três colheres para adoçar o café, corte para duas e assim por diante. E a dica mais importante: mexa-se! A prática diária de exercícios físicos queima o açúcar que é consumido e não se transforma em gordura. Lembre-se que é importante procurar um médico ou educador físico antes de iniciar uma atividade, além de realizar exames periódicos para saber como anda a sua saúde. Que fazer receitas deliciosas para sua família de forma mais saudável? Entre no site da Sociedade Brasileira de Diabetes e confira várias dicas! Blog Unimed_Sugar   Aplicativos para controlar a diabetes Sabemos que quem é diabético precisa controlar frequentemente a glicemia, ou seja, a quantidade de açúcar no sangue. Mas não é tão fácil assim. Com as rotinas mais corridas, alguns aplicativos surgiram para dar uma mãozinha a quem precisa. Confira como estes dispositivos tecnológicos podem auxiliar: MySugr Companion: funciona como um diário de bordo da diabetes, mas tem também um game motivacional em que você ganha pontos para cada entrada e desafios que te ajudam a atingir objetivos pessoais. Glucose Buddy: aplicativo de armazenamento de dados por meio do qual os usuários podem rastrear números de glicose, carboidratos, as dosagens de insulina e atividades físicas. Uma vantagem adicional é que os usuários podem ver estes dados a qualquer momento, em sua conta. Diabetes Pal: semelhante ao Glucose Buddy, permite ainda que os usuários cadastrem informações como pressão arterial, peso e duração do sono. MedSimple: auxilia o usuário a rastrear medicamentos e configurar lembretes. O aplicativo também ajuda a encontrar versões genéricas de medicamentos e manter uma lista de médicos e farmácias. Fooducate: embora este aplicativo não tenha sido projetado especificamente para usuários com diabetes, é extremamente útil. Basta analisar o código de barras de um produto e ele irá lhe fornecer as informações nutricionais detalhadas, até mesmo sugerir alternativas mais saudáveis​​. CalorieKing’s ControlMyWeight: estar acima do peso é um fator de risco para o desenvolvimento da diabetes tipo 2. Perder até 5% a 7% do peso total do corpo pode ajudar significativamente no controle da doença. Este app ajuda a definir metas de peso, auxilia na conscientização de hábitos alimentares e acompanha o seu progresso. Fitter Fitness Calculator: na mesma linha do app ControlMyWeight, a calculadora de fitness Fitter ajuda você a ficar ativo, controlar o seu peso, calcular o índice de massa corporal e definir metas. Seus dados são armazenados na nuvem e você também pode compartilhar o seu progresso nas mídias.  

Categoria: #CuidarDeVocê