Câncer de mama: como me prevenir? Saúde do Homem e da Mulher

Diabetes gestacional: como evitar? Filhos e Gestação, Saúde do Homem e da Mulher

Outubro Rosa: foco na saúde da mulher como um... Saúde do Homem e da Mulher

Torne sua casa mais segura para as crianças

03 de junho de 2015

A curiosidade é um estágio natural do desenvolvimento infantil, e é através dela que os pequenos aprendem a interagir com o meio em que vivem. Mas, por essa curiosidade aguçada, as crianças acabam ficando expostas aos acidentes, na maioria dos casos, por não terem noção do que faz bem ou é nocivo à saúde. Em muitos casos, acabam colocando objetos perigosos na boca, inalando, tocando ou absorvendo materiais nocivos. Por isso, deixamos uma dica valiosa aos pais: calma e informação é fundamental para prestar socorro quando isso acontece. O principal cuidado é guardar todos os produtos de higiene e limpeza, bem como os medicamentos, em local longe do alcance e visão das crianças. Armários altos podem ser a solução. Dessa forma, evita-se que os pequenos peguem ou brinquem com produtos que podem ser nocivos à saúde.   Blog Unimed VTRP Cuidados Crianças   Outra atitude importante que deve ser observada pelos pais é manter os produtos em suas embalagens originais. Nunca coloque um produto tóxico em outra embalagem que não for a original. Esta simples mudança poderá confundir os pequenos. Por isso, embalagens de refrigerante, principalmente garrafas pet, não devem ser usadas em hipótese alguma para essa finalidade. Dê preferência para embalagens mais seguras. Tampas com travas não garantem que a criança não abra a embalagem, mas podem dificultar bastante, dando tempo suficiente para que um adulto evite uma possível intoxicação. Caso isso ocorra, entre em contato imediatamente com o pronto-socorro levando uma amostra do produto. O leite não deve ser utilizado em nenhum momento após a ingestão de produtos de limpeza ou mesmo cosméticos. Da mesma forma, o vômito nunca deve ser induzido, pois o veneno pode ser corrosivo e prejudicar o esôfago.     Atenção com batidas, quedas e queimaduras Prevenir os acidentes infantis é uma questão de informação e de atenção dos pais, avós, educadores e de todos aqueles que zelam pela infância. As quedas acontecem por pequenos descuidos. E eles podem ser evitados. Brincar em locais seguros é o primeiro passo. Escadas, sacadas e lajes não são lugares aconselhados. Se por algum acaso os pequenos sofrerem alguma queda e o nariz sangrar, coloque-os de pé ou sentados e faça uma leve compressão com as pontas dos dedos nas laterais do nariz, logo abaixo do ossinho, por cerca de 10 minutos. Outra opção é colocar compressa fria sobre o nariz para ajudar a contrair os vasos sanguíneos e estancar o sangramento. Ao andar de bicicleta, skate ou patins, o capacete é equipamento fundamental. Ele pode reduzir o risco de lesões na cabeça em até 85%. Caso ocorra por um descuido e a criança apresentar sintomas como desmaio, vômito, tontura, desorientação ou perda de memória, leve-a imediatamente a um pronto-socorro. Nos demais casos, coloque gelo sobre o local do trauma para diminuir o hematoma. Se após o acidente a criança quiser dormir, deixe-a em observação. Nas primeiras 4 horas após a pancada, desperte-a de hora em hora e verifique se ela reconhece o local e as pessoas.   Blog Unimed VTRP Cuidados Primeiros Socorros Crianças   Crianças devem ser sempre observadas quando estiverem brincando nos parquinhos. Verifique se os brinquedos estão em boas condições e se são adequados para a idade. Se ocorrer algum corte com sangramento, lave com água corrente e sabão neutro. Se o sangramento persistir, comprima a região afetada com um pano limpo. Cortes superficiais não precisam de curativo para cicatrizar. Cortes pequenos, porém profundos, devem ser cobertos com gaze apenas durante o dia. Procure um médico se o corte for grande. Vale ressaltar que a água oxigenada não deve ser utilizada para limpeza do local machucado, pois elimina as bactérias e mata as células brancas do sangue, aumentando o risco de infecção. Nunca deixe crianças perto de lareiras, fogões ou mesmo churrasqueiras, pois pequenas fagulhas podem saltar. Em caso de queimaduras, a água é o melhor remédio. Em situações graves, procure imediatamente ajuda médica. Por mais cuidado que se tenha com os pequenos, acidentes domésticos acontecem. Em um primeiro instante, tenha calma e busque soluções cabíveis para cada situação. Se perceber que não é possível, procure o hospital mais próximo ou mesmo um médico.  

Categoria: #CuidarDeVocê