Câncer de mama: como me prevenir? Saúde do Homem e da Mulher

Diabetes gestacional: como evitar? Filhos e Gestação, Saúde do Homem e da Mulher

Outubro Rosa: foco na saúde da mulher como um... Saúde do Homem e da Mulher

Os benefícios do café

14 de abril de 2014

Inicialmente, precisamos procurar um café que não seja como a maioria que encontramos atualmente, cheio de pesticidas. Prefira o café orgânico, livre dessas substâncias nocivas. Neste caso, teremos um produto com múltiplos nutrientes e flavonóides antioxidantes. Ainda assim, quando consumido em excesso pode inibir a reabsorção de glutamato, um neurotransmissor essencial para nos manter em alerta e prontos para agir. Outra razão pela qual a cafeína ganhou má reputação foi pelo fato de ela ser formadora de substâncias ácidas. Entretanto, alimentos ácidos também são essenciais à saúde. O grande problema, na verdade, é o fato de o elevado nível de acidez no corpo poder causar uma acidose metabólica, prejudicando o funcionamento do corpo. Com o excesso de acidez o seu corpo perde músculos e tecido ósseo e com a evolução do processo ocorre congestão celular, o que aumenta a vulnerabilidade a doenças degenerativas. Assim, é fundamental saber consumir esses alimentos acidificantes para colher benefícios da escolha.  

Beneficios Cafe Blog Unimed VTRP 2

  Como consumir Primeiro consuma alimentos integrais. Nunca consuma proteína isolada, pois elas não têm os minerais cofatores e alcalizantes são necessários para o equilíbrio da acidez das proteínas. Portanto, esteja distante dos whey isolados, soja isolada etc. Esses alimentos são extremamente acidificantes. Sempre que consumir alimentos proteicos, acompanhe com alimentos de origem vegetal, que normalmente são alcalinizantes. O mesmo vale para o café. Se você toma café, consuma frutas e vegetais em quantidades adequadas. Uma boa alimentação deve ser variada e colorida, incluindo proteínas, gorduras e carboidratos.  

Beneficios Cafe Blog Unimed VTRP 3

  O que torna o café saudável? Fontes naturais de cafeína são chá, café e chocolate que, quando na forma natural, são alimentos muito ricos em nutrientes, diferente dos descafeinados, que têm valor nutricional inferior. As pesquisas mostram que tanto o cacau quanto o café têm importantes ações neuroprotetoras. É por isso que nas sociedades da América do Sul, nas quais se bebe café orgânico, há as menores taxas de Alzheimer e Parkinson. O café ativa um mecanismo no cérebro que libera um fator de crescimento chamado fator neurotrófico cerebral, que ativa células-tronco para se converterem em novos neurônios. Isso está revolucionando o conceito de rejuvenescimento, pois antes se pensava em diminuir o processo de envelhecimento reduzindo os efeitos colaterais, mas o corpo é mais esperto do que se pensava, pois tem a capacidade de, literalmente, parar o envelhecimento. Em algumas pessoas, o fator neutrófico está dormente e saber ativá-lo é a chave para colher seus benefícios. Assim, se você age corretamente, você terá o seu cérebro rejuvenescido pela ativação de fatores neurológicos que regenera neurônios e pela reciclagem do tecido cerebral.   Informações Wilson Rondó Medicina Ortomolecular e Nutrologia  

Categoria: #CuidarDeVocê