Coronavírus: sintomas suspeitos? Fique em casa e ligue para 0800 940 78 00. Clique aqui e saiba mais.

×

VÍDEO: Startups participantes da 1ª edição do... Unimed VTRP

Unimed VTRP comemora resultados do InnovatiOn e... Unimed VTRP

Conheça o Unimed Fone, o serviço de... Unimed VTRP

Livros de Thiago de Mello surpreenderam leitores

Unimed VTRP “esqueceu” mais de cem livros do patrono da Feira do Livro na manhã de hoje. A cliente Rosita Muller foi uma das pessoas que encontrou a obra “Melhores Poemas de Thiago de Mello”

31 de agosto de 2011

A cliente da Unimed VTRP, Rosita Muller, achou um dos livros “esquecidos”

A cliente da Unimed VTRP, Rosita Muller, achou um dos livros “esquecidos”

 

A Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (Unimed VTRP), patrocinadora da 24ª Feira do Livro de Santa Cruz do Sul que começa amanhã, espalhou mais de cem livros do poeta amazonense Thiago de Mello, patrono da feira, por diversos ponto da cidade. Junto a obra “Melhores Poemas de Thiago de Mello”, um bilhete com os dizeres “Achei você! Me leva pra casa? Sou um presente da Unimed para você” informava que o livro era para ser levado por quem o encontrasse.

A cliente da Unimed VTRP Rosita Muller viu a notícia da ação dos livros “esquecidos” no jornal e saiu a procura de um exemplar na companhia da filha Vanessa. “Adorei a iniciativa, e assim que soube convidei minha filha pra caminhar no centro e procurar o livro”, contou Rosita. Já o estudante de engenharia civil Eduardo Wietzke Kist, de 17 anos, ficou surpreso quando viu o livro em frente a biblioteca da Unisc. A primeira reação dele foi pensar em devolvê-lo. “Estava entrando na biblioteca pra devolver quando vi o bilhete. Achei muito bacana, diferente!”, disse o estudante.

A ação foi inspirada em uma campanha semelhante, realizada em São Paulo há alguns anos durante a semana do livro. O diretor de Marketing da Unimed VTRP, Paulo Jucá, lembra que a cooperativa tem uma parceria de muitos anos com o SESC, que envolve eventos artísticos e culturais. “Entendemos que cultura também é saúde, por isso promovemos a ação, já realizada na Feira de Lajeado. Ao mesmo tempo em que divulgamos o evento, incentivamos o hábito da leitura de uma maneira inusitada”, enfatiza o diretor.

Amanhã, dia 27, primeiro dia da feira, acontece a encenação da peça teatral “Os Saltimbancos” , do Grupo Zip-Zap, formado por colaboradores da Unimed VTRP. O Zip-Zap foi fundado em 2008 com o objetivo de transmitir, de maneira lúdica, mensagens que instigam a reflexão de temáticas que fazem parte do cotidiano e das relações das pessoas. A 24ª Feira do Livro ocorre de 27 de agosto a 04 de setembro na praça Getúlio Vargas, em Santa Cruz do Sul. O evento é uma realização do Sesc, Unisc e Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul patrocinado pela Unimed VTRP e Pioneer Sementes.

Thiago de Mello, patrono da 24ª Feira do Livro de Santa Cruz do Sul, inaugura a sua participação no evento participando do talk-show Encontros com o professor, com Ruy Carlos Ostermann, dia 30 de agosto, às 19h30, no Auditório Central da Unisc. As inscrições podem ser feitas no SESC (Rua Ernesto Alves, 1042 – Fone: 3713.3222), com Yaskara ou Janine.

Saiba mais sobre o poeta Thiago de Mello
Nasceu na cidade de Barreirinha, no coração do Amazonas, no dia 30 de março de 1926. Em Manaus, capital do Estado, fez seus primeiros estudos. Mudou-se para o Rio de Janeiro (RJ), onde cursou a Faculdade de Medicina até o quarto ano. Acabou optando por deixar os estudos médicos e dedicou-se à poesia. Conhecido internacionalmente por sua luta em prol dos direitos humanos, pela ecologia e pela paz mundial, o autor foi perseguido pela ditadura militar implantada no Brasil em 1964. Foi obrigado a deixar sua terra, tendo se exilado no Chile, até a queda de Salvador Allende. Seus trabalhos foram publicados no Chile, Portugal, Uruguai, Estados Unidos da América, Argentina, Alemanha, Cuba, França e outros mais. Traduziu para o português obras de Pablo Neruda, T. S. Elliot, Ernesto Cardenal, César Vallejo, Nicolas Guillén e Eliseo Diego. Entre as obras do autor, “Silêncio e Palavra” (1951); “Faz escuro, mas eu canto” (1965); “Poesia Comprometida com a minha e tua Vida”(1975); “Os Estatutos do Homem” (1977);”Num Campo de Margaridas” (1986); “Amazônia – a menina dos olhos do mundo” (1992), entre outras prosas e poesias. Fonte:
www.releituras.com

 

Categoria: Unimed VTRP