Câncer de mama: como me prevenir? Saúde do Homem e da Mulher

Diabetes gestacional: como evitar? Filhos e Gestação, Saúde do Homem e da Mulher

Outubro Rosa: foco na saúde da mulher como um... Saúde do Homem e da Mulher

Melhore a sua concentração com atitudes simples

19 de maio de 2016

Estar conectado e saber tudo o que se passa no mundo com apenas um clique ou um toque na tela do celular. Os avanços tecnológicos trouxeram diversos benefícios para o nosso cotidiano, não podemos negar. Porém, a relação de dependência com a tecnologia pode afetar a concentração e o desempenho de muitas pessoas, seja no trabalho, na escola ou em outras atividades que requerem atenção. Pesquisas apontam que demoramos cerca de 23 minutos para voltar à nossa tarefa original após navegarmos pelas ondas da internet. Essas distrações causam um enorme prejuízo de tempo e energia.   Blog Unimed VTRP - Aumentar a concentração para estudar   Mas afinal, com tantos apelos tecnológicos, como manter a concentração? Algumas atitudes simples auxiliar neste processo. Confira dicas importantes: – Escute música: além de bloquear ruídos do ambiente, ouvir música pode ajudar a trazer relaxamento e concentração. É melhor ouvir um repertório que você já conheça. Isso porque o seu cérebro pode se distrair tentando avaliar uma música totalmente nova. Antes de montar a sua playlist, vale outro cuidado: não escolha nada que você adore ou deteste, pois sentimentos excessivamente positivos ou negativos passados pela “trilha sonora” tiram o foco do trabalho. O site Noisli pode ajudar nessa busca. Clique aqui e confira os sons indicados;   Blog Unimed VTRP Como melhorar a concentração   – Alimente-se corretamente: ter sempre algo no estômago é essencial para manter a concentração nos estudos. Um suco ou uma fruta entre as principais refeições são boas dicas. O importante é fornecer ao seu organismo energia suficiente para o trabalho. Água também é essencial para manter o cérebro em pleno funcionamento; – Faça exercícios físicos: movimentar o corpo regularmente não é importante apenas para ter uma vida mais longa e saudável. A prática de atividades físicas pode desenvolver partes importantes do cérebro, ligadas à atenção e à memória; – Inclua a meditação na rotina: com um dia a dia atribulado, dificilmente há tempo para desligar-se de tudo e relaxar. Ainda assim, separar alguns minutos do dia para meditar pode auxiliar na capacidade de fixar atenção. O ato de esvaziar a mente e respirar profundamente favorece memória e facilita a tomada de decisões. Você pode conferir como começar a meditar no site Eu Medito;   Blog Unimed VTRP Aumentar a concentração para os estudos   – Durma bem: pessoas que dormem, pelo menos, sete horas por noite têm atividade cerebral significativamente superior àquelas que passam menos tempo na cama, conforme aponta o médico norte-americano Daniel Amen à revista Men’s Health. Da mesma forma, tirar sonecas também pode ajudar na concentração durante o dia. Segundo um estudo conduzido por pesquisadores australianos, jovens adultos que dormem por 90 minutos depois do almoço experimentaram ganhos em memória e capacidade de aprendizado; – Escreva à mão: com a inclusão da da tecnologia, muitas pessoas esqueceram o papel e a caneta. Porém, existe uma grande vantagem em anotar as ideias usando o velho método. Segundo pesquisadores das universidades de Princeton e da Califórnia, nos Estados Unidos, quem escreve à mão tem mais facilidade de compreendê-las e memorizá-las do quem as digita. Isso porque o processamento de dados ocorre de forma mais superficial ao se usar o teclado, conforme aponta o estudo.  

Categoria: #CuidarDeVocê