Câncer de mama: como me prevenir? Saúde do Homem e da Mulher

Diabetes gestacional: como evitar? Filhos e Gestação, Saúde do Homem e da Mulher

Outubro Rosa: foco na saúde da mulher como um... Saúde do Homem e da Mulher

Entrevista: enfermeira tira dúvidas sobre o engasgo do bebê com o leite

02 de agosto de 2017

O leite materno é considerado um alimento completo, possui cerca de 250 substâncias bioativas, além de proteínas, vitaminas, gorduras, açúcares e água. Toda essa composição é capaz de suprir as necessidades calóricas e nutricionais do bebê. Conforme orientações da Sociedade Brasileira de Pediatria, é preciso manter a amamentação exclusiva até os seis meses de vida do bebê. Depois, outros alimentos podem ser introduzidos, porém, deve-se continuar com a amamentação, pelo menos, até os dois anos de idade. Os benefícios se estendem também às mamães: durante a amamentação, o hormônio ocitocina promove a liberação do leite e intensifica as contrações uterinas para reduzir o sangramento do puerpério, fazendo com que o útero volte ao tamanho anterior mais rapidamente. Assim, a mãe recupera-se do parto melhor e de forma mais breve. Ao longo do processo de amamentação, muitas dúvidas e preocupações acabam surgindo. Dentre elas está a possibilidade do engasgo do bebê com o leite. É comum? O que fazer quando isso acontece? Para falar sobre assunto nós, da Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (Unimed VTRP), conversamos com a enfermeira Cinthia Felten, que atua no Programa Meu Bebê e no Espaço Viver Unimed em Santa Cruz do Sul/RS. A profissional explica que, quando o bebê engasga com o leite, a maneira mais eficiente de ajudá-lo é recorrendo à Manobra de Heimlich. Mesmo com um nome diferente, esta técnica que pode ajudar mamães e papais. Confira tudo isso no vídeo abaixo:     Gostou? Confira outros benefícios do leite materno para a saúde e o desenvolvimento do bebê. beneficios-amamentacao   Com informações do Portal Unimed

Categoria: #CuidarDeVocê