Câncer de mama: como me prevenir? Saúde do Homem e da Mulher

Diabetes gestacional: como evitar? Filhos e Gestação, Saúde do Homem e da Mulher

Outubro Rosa: foco na saúde da mulher como um... Saúde do Homem e da Mulher

Dicas para manter a saúde íntima feminina em dia

28 de maio de 2015

Manter a saúde íntima feminina em dia é muito importante para evitar doenças, como as infecções. Segundo especialistas, um dos maiores erros ao se tratar deste assunto é ignorar os sintomas. Se algo está errado, é preciso procurar ajuda médica para investigar o problema. Caso contrário, ele pode se tornar mais grave. Por isso, o acompanhamento regular de um ginecologista torna-se essencial. Mas afinal, o que é certo e o que é errado quando tratamos de saúde íntima? Para ajudar você, separamos uma série de dicas que podem auxiliar no busca pela qualidade de vida. Tudo começa pelo cuidado redobrado com a higiene. Confira:   Blog Unimed VTRP Cuidados Saúde Mulher   Qual sabonete é mais indicado? O melhor recurso para manter o pH da região íntima em equilíbrio é a higienização com sabonetes íntimos que contenham pH ácido. Eles são especialmente formulados para não agredir a pele e as mucosas desta área. O pH da pele é afetado por muitos fatores, como a transpiração, pela falta de ventilação e predisposição genética. Dessa forma, o uso desses sabonetes específicos são importantes para que o pH seja devidamente controlado e a região permaneça higienizada e protegida por mais tempo.   Os sabonetes comuns ou neutros podem ser utilizados? A composição dos sabonetes em barra possui pH muito alcalino e, por isso, podem remover a acidez natural da região, causando ressecamento e irritações. Os sabonetes neutros são mais alcalinos ainda, já que possuem pH 7, e também devem ser evitados. Na falta de sabonetes íntimos, profissionais recomendam o uso de produtos leves e sem perfume.   Blog Unimed VTRP Cuidado Saúde Mulher   Lenços umedecidos auxiliam na higiene? Os lenços umedecidos são ótimos para se carregar na bolsa e usados em situações de emergência, como viagens. São muito eficientes para a higiene em momentos em que não se pode ter acesso à lavagem adequada. Opte sempre pelos modelos sem perfume.   A higiene pode ser feita somente com água? Segundo especialistas, a lavagem simples com água não garante que a região íntima seja devidamente higienizada. Isso porque a água remove apenas cerca de 60% das impurezas acumuladas na região.   Blog Unimed VTRP Saúde Intima Feminina   Existe algum tipo de lingerie mais indicada? As roupas sintéticas e calcinhas de lycra prejudicam a ventilação, alterando o pH e criando um ambiente propício ao desenvolvimento de odores e infecções ginecológicas. Portanto, é preferível optar pelo uso de calcinhas de algodão.   Com que frequência os absorventes devem ser trocados? Substitua os absorventes internos, no máximo, a cada 6 horas e os externos a cada 4 horas. Além disso, a cada troca, deve ser feita a higiene local. Absorventes perfumados ou diários devem ser evitados: o primeiro pode causar alergia, e o segundo impermeabiliza e impede a transpiração, favorecendo a instalação de fungos e bactérias.   Blog Unimed VTRP Saúde Feminina   De que forma a depilação deve ser feita? Profissionais indicam que a mulher deve dar preferência para a depilação com cera ou ainda pela técnica de depilação definitiva a laser. Porém, é preciso evitar a retirada total dos pelos, pois eles ajudam a proteger a região de infecções.  

Categoria: #CuidarDeVocê