Ouvidoria

Sou um desastre na cozinha… Por onde eu... Alimentação Saudável, Coronavírus

Alimentos que fortalecem a imunidade: você vai... Alimentação Saudável, Coronavírus, Outubro Rosa

Seu filho não quer comer? Como lidar? Alimentação Saudável, Coronavírus, Filhos e Gestação

Banco Comunitário tem moeda própria e objetivos muito maiores do que só o lucro

08 de maio de 2013

Conheça o Banco Comunitário União Sampaio, que nasceu para dinamizar a economia do bairro Jardim Maria Sampaio, na periferia da zona Sul de São Paulo. E tem até moeda própria.

Este Banco Comunitário não cobra taxa de juro para quem pede um crédito para consumo e, no caso do crédito produtivo, para investir, o juro cobrado é simples, o que significa que não precisa ficar aprisionado a pagamentos de juros muito altos.

Os empréstimos às pessoas são feitos em moeda social, o Sampaio, que é aceita por muitos comerciantes da comunidade, que podem depois trocar por Reais no Banco. Assim, o dinheiro circula localmente e incentiva a produção no próprio bairro.

Os créditos são concedidos com o “aval solidário”, isto é, com a aprovação da comunidade que conhece a pessoa que está pedindo o empréstimo. No Brasil, existem mais de 50 bancos comunitários.

 

Categoria: #CuidarDeVocê