Amamentar Talk: Participe do evento online e... Coronavírus, Filhos e Gestação

PCR ou teste rápido: qual a melhor alternativa... #CuidarDeVocê, Coronavírus

Afinal, por que temos alergias? Alimentação Saudável, Coronavírus

Aliados de Pano: saiba como fazer sua máscara caseira

Univates, Unimed VTRP, Unisc e Prefeitura de Lajeado se unem para campanha inédita nos vales

08 de abril de 2020

Máscaras são mais um importante instrumento no combate à transmissão do novo coronavírus. Para evitar o contágio por Covid-19, é necessário proteger as mucosas, principalmente da boca, nariz e olhos, de gotículas contendo o vírus. Como as máscaras profissionais cirúrgicas e N95 devem ficar exclusivamente à disposição dos profissionais da saúde, foi criada uma iniciativa envolvendo o poder público e instituições com grande representatividade dos Vales do Taquari e Rio Pardo. para incentivar a confecção de máscaras caseiras. É a campanha Aliados de Pano, que inicia oficialmente nesta quarta-feira, dia 8.

A campanha foi elaborada em conjunto entre a Prefeitura Municipal de Lajeado, a Universidade do Vale do Taquari – Univates, a Universidade de Santa Cruz do Sul – Unisc e a Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo. Um site especial foi criado para compartilhar conteúdos, o molde para fazer a máscara em casa e os principais cuidados com a higienização, já que cada máscara deve ser trocada a cada 2 ou 3 horas de uso. Todas as informações podem ser conferidas em www.aliadosdepano.com.br.

Conforme a professora da Univates Daiane Heidrich, doutora em Microbiologia, as máscaras de pano auxiliam como uma barreira física contra o vírus. “É importante que a máscara seja de uso individual e tenha, no mínimo, dupla camada de tecido. Ela deve cobrir totalmente a boca e o nariz e estar bem ajustada ao rosto, para evitar o escape do vírus pelas laterais. A máscara precisa ser substituída por outra quando estiver úmida, pois a umidade diminui a eficiência da barreira viral”, enfatiza. 

A máscara de pano ajuda a impedir a transmissão da Covid-19 pelo espirro ou tosse de pessoas infectadas. Para evitar a transmissão do vírus, independentemente da presença ou não de sintomas, é preciso inibir a liberação de gotículas de saliva e de secreção nasal no ambiente.

Como retirar e lavar corretamente sua máscara de pano

Antes de retirar a máscara, é preciso lavar as mãos com água e sabão, para evitar a contaminação no momento da retirada. A máscara deve ser imersa em recipiente com água potável e água sanitária (cerca de 2 colheres de chá de água sanitária em meio litro de água) por 30 minutos. Após, deve ser enxaguada, lavada com água e sabão, secada, passada a ferro e acondicionada em saco plástico limpo. Após lavar a máscara, é preciso lavar as mãos com água e sabão.

O Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari (Tecnovates) e o Parque Científico e Tecnológico Regional da Unisc (TecnoUnisc) estão disponibilizando moldes de máscaras, que serão distribuídos em locais de serviços essenciais, como farmácias e mercados. 

Como fazer sua máscara de pano

Materiais

– Tecido à base de algodão. O mais indicado é o tricoline 100% algodão;

– Faixas elásticas ou laços de cabelo;

– Tesoura;

– Máquina de costura ou agulha e linha.

Passo a passo

1. Recorte dois retângulos de tecido de 20 cm a 30 cm de altura por 18 cm de largura.

2. Costure uma camada sobre a outra e costure a borda inferior fechada.

3. Dobre uma borda lateral e comece a costurar o tecido para que a faixa elástica ou a presilha de cabelo fique dentro da dobra.

4. Depois de começar, puxe o elástico esticado e costure o resto da dobra, fazendo pelo menos três pregas na lateral. As pregas ajudam a máscara a se moldar melhor ao rosto, melhorando a proteção.

5. Repita do outro lado.

6. Certifique-se de passar a máquina várias vezes na parte inicial e final da costura (ou reforce a costura se fizer à mão), pois o elástico estará tensionado nesses pontos.

7. Em vez de elástico, é possível usar tiras de pano, que podem ser amarradas atrás da cabeça.

8. Em caso de dúvida, busque informações na internet. Há vários vídeos explicativos mostrando como fazer a máscara.

Continue em casa e não esqueça de lavar as mãos 

“Se a gente não circula, o vírus também não circula”, afirma a diretora técnica da Unimed VTRP, médica Aline Mathias. “Pedimos a compreensão da comunidade. Somos um povo caloroso, gostamos de sair na rua, de abraçar as pessoas. Mas precisamos evitar o contato e ficar em casa. O distanciamento social é o que temos de mais forte e potente para impedir a disseminação da doença neste momento”, explica a pneumologista.

Aline lembra também que em caso de sintomas suspeitos, como febre, tosse seca ou falta de ar, as pessoas devem permanecer em casa e entrar em contato, de forma digital, os órgãos de saúde. No caso dos clientes da Unimed, existem duas maneiras de buscar orientações específicas sobre a Covid-19: o PA Virtual, em que a pessoa realiza consulta em vídeo com um médico da Cooperativa, e o Disque Coronavírus, pelo telefone 0800 051 78 00. Mais informações sobre ambos os serviços são encontradas em www.unimedvtrp.com.br/coronavirus.

A população em geral também conta com números de telefone especiais para evitar idas desnecessárias aos pronto-socorros. Em Lajeado, o telefone é 0800 7 07 08 09, serviço fruto de parceria entre a Univates e a Prefeitura Municipal. Em Santa Cruz do Sul, o número para orientações sobre o coronavírus é (51) 3717-7300, parceria entre a Unisc e a Prefeitura Municipal.

Categoria: Coronavírus