imgTopo Contato separador btnPesquisa
Região / Mundo

O trânsito pede segurança e atenção

A cada dia cresce o número de veículos no Rio Grande do Sul. E com ele aumenta também a quantidade de motoristas. Conforme o Departamento de Trânsito do Estado, o Detran/RS, houve um crescimento na frota de 75,6% nos últimos 10 anos.

Com o grande aumento das estatísticas, a educação no trânsito vem ganhando força. Pequenas atitudes são fundamentais para que cada viagem ou passeio se torne seguro. Quem conduz um veículo precisa ficar atento, pois os cuidados devem ocorrer toda vez que se dirige.

Blog Unimed_Dirigir

A sinalização nas ruas é de responsabilidade dos órgãos municipais, estaduais e federais. Porém é sua responsabilidade obedecê-la. Respeite os sinais e colabore para um trânsito mais tranquilo. E para a sua segurança, redobre a atenção à noite.

O tamanho do veículo indica responsabilidade para o motorista. Os maiores devem tomar cuidado com os menores e mais frágeis. Por isso, caminhões, vans e carros devem ficar ainda mais atentos quando estão dividindo a pista com motos, bicicletas e pedestres. Da mesma forma esteja atento a animais nas vias, já que podem cruzar o caminho inesperadamente.

Outro ponto importante é que todo motorista informe, por meio da sinalização correta e dentro do tempo necessário, o que pretende fazer para que os outros condutores também possam planejar suas atitudes. Falar no celular é uma atitude que deve ser evitada, já que esta ação é proibida e gera multas.

Pedestres sempre atentos

Quem é pedestre também precisa ter atenção na rua. Todos sabemos que a preferência é dele, mas isso não exclui a necessidade de atenção. Por isso, é importante sempre olhar para os dois lados quando for cruzar a via, além de esperar os veículos pararem. Também prefira atravessar na faixa de pedestres ou nas passarelas.

Blog Unimed_Pedestres

Outra questão é caminhar pelo meio da rua. Para atravessar uma via, opte por faixas de pedestres e evite cruzar a rua em curvas. Prefira locais com mais retas, pois assim você tem uma visão melhor dos veículos que estão vindo.

Evite também atravessar entre os veículos, especialmente ônibus e caminhões. É importante também respeitar a vez do motorista: nunca tente atravessar se o sinal estiver aberto para os carros. Ele logo mudará e permitirá que você possa cruzar a via.

Esta vaga não é sua nem por um minuto

O uso indevido de vagas destinadas a pessoas com deficiência em estacionamentos – que resultou no lançamento da campanha “Esta vaga não é sua nem por um minuto” – é o foco que a agência TheGetz colocou no ar.

Como a principal desculpa para a ocupação de vagas exclusivas para deficientes e idosos é sempre a do pouco tempo de permanência no estabelecimento, o “apenas um minuto”, colocou cadeiras de rodas em vagas normais e registrou a reação das pessoas em um estacionamento de Curitiba.

O movimento busca chamar a atenção da sociedade para a necessidade de respeito às vagas de estacionamento para pessoas com deficiência. Em pouco mais de um mês, o movimento ganhou mais de mil adeptos no Facebook e se propaga por outras mídias online.

Blog Unimed_Respeito deficienteas

O selo do movimento também ganhou pontos fixos na capital paranaense. Segundo o diretor institucional da TheGetz, o propósito da campanha, além de mobilizar pessoas para esta causa, é provocar ações efetivas por parte dos governantes.

“Com o movimento, o que se pretende é ampliar a visibilidade para a necessidade do respeito à figura do deficiente, que em nada se diferencia, em direitos e deveres, das pessoas tidas como normais. Para isso, o apoio das esferas políticas é fundamental para que causas como essas possam ser vistas e ampliadas”, destaca o diretor.

 


Envie o seu comentário para a Unimed VTRP




siteOficial ans
Todos os direitos reservados Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo 2017.
barraRodapeLink
Nossos Favoritos
Sobre a Unimed VTRP
Política de Comentários
Relatório de Sustentabilidade
Revista Unimed
;